Transpiracao

22:09

  




   Olá pessoal,

 Hoje post sera sobre transpiração, já que este mecanismo é natural do corpo humano. Ele é necessário para manter a função vital do organismo, ou seja, nos manter em equilíbrio sempre, através dela mantemos nossa temperatura corporal em torno de 36,5ºC.

 Além desta função o suor ajuda a umidificar a pele e eliminar toxinas do corpo. Os responsáveis pela produção do suor são as glândulas, e temos 3 tipos delas no organismo.

 Glândulas Écrinas: Elas estão presentes no corpo todo, principalmente nas palmas dos pés e mãos. O suor produzido por elas é basicamente água, e 1% de cloreto de sódio (sal) , ureia, magnésio, potássio, cálcio, aminoácidos, entre outros  Por isso se trata de um suor incolor, inodoro, mas salgadinho (devido ao sal).

 Ele é liberado por estímulos nervosos e térmicos, e pode evidenciar situações de emotividade, como estresse e emoções. 

 Glândulas Apócrinas: Estas glândulas são ativadas na puberdade, e estão presentes em menor quantidade que as écrinas. Apesar de serem maiores, que as outras, principalmente nas mulheres. É um suor leitoso, gorduroso, rico em proteínas, lipídios e esteroides (hormônios).

 Glândula Apoécrina: Esta ainda não tem muito estudos a respeito, mas é basicamente glândulas em pequenas quantidades no organismo, que apresentam características de ambas glândulas (apócrinas e écrinas).




 Agora vamos falar brevemente sobre os problemas mais comuns que podem ocorrer nas glândulas.

 Hipoidrose: É a escassez de suor, e não representa um grande problema.

 Hiperidrose: É a produção de suor em excesso, este problema pode ser tratado com o uso de antitranspirantes corretos, como os quais contém sais de alumínio na formulação. Já que se ela não for tratada pode evoluir para micose, ou miliária (doença comum por erupções no corpo, que acontecem principalmente em bebês). 

 Bromidrose: Outra disfunção das glândulas bem comum, é o excesso de suor do tipo apócrino, que resulta num suor com odor desagradável, devido a ação bacteriana na superfície da pele. 
Existem vários tipos de tratamento e um deles podem ser,o uso de desodorantes com princípios ativos que tenham propriedades antibacterianas.

 E para saber melhor sobre desodorantes e antitranspirantes, não percam os próximos post.

Beijos e até mais (:

Imagens: We heart it, Pinterest e Blog da Fausta

You Might Also Like

2 comentários

  1. Olá Raissa,adorei o post mas hiperidrose não tem tratamento.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi flor, que bom que gostou. Mas tem sim, com medicamentos via oral e cosméticos e em último caso a cirurgia :*

      Excluir

Siga o Blog por E-mail

Postagens populares